Português Italian English Spanish
Do site www.procon.ma.gov.br: O Instituto de Proteção e Defesa do Consumidor do Maranhão (Procon/MA) juntamente com o Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar notificaram, nesta segunda-feira (23), o Sindicato dos Revendedores de Combustíveis do Maranhão (SindCombustíveis-MA) por suspeita de venda ilegal de combustíveis inflamáveis. A notificação reitera o disposto na Resolução n° 41/2013 da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), que proíbe a comercialização de combustíveis inflamáveis em recipientes fora das normas nacionais de segurança. Na prática, isso significa que a conhecida prática de levar um recipiente de plástico para comprar gasolina direto da bomba é ilegal. Combustíveis comercializados fora da bomba devem estar envasados em recipientes com o selo da ANP. De acordo com o presidente do Procon, Duarte Júnior, a ação conjunta entre Instituto, Corpo de Bombeiros e Polícia Militar tem o objetivo de impedir que combustíveis inflamáveis sejam utilizados para fins criminosos. “O Procon irá fiscalizar com mais rigidez o cumprimento desta norma junto aos postos de combustíveis, por questões de segurança pública. Caso se verifique qualquer desobediência, os revendedores sofrerão as sanções administrativas e criminais cabíveis”, afirmou o presidente. Cerca de 200 postos que integram o SindCombustíveis-MA deverão ser notificados. Em caso de descumprimento, os revendedores poderão sofrer sanções que variam de multa até a suspensão das atividades. Os órgãos reiteram que o consumidor é o maior, melhor e principal fiscal das relações de consumo, e que a venda ilegal de combustíveis inflamáveis é um atentado contra a segurança pública. Caso identifique qualquer indício de irregularidade, o consumidor pode formalizar denúncia por meio do aplicativo do Procon disponível para download, pelo site ou em qualquer unidade física mais próxima. Além de poder denunciar perante a PM e o Corpo de Bombeiros.
 24/5/2016   07:05
O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (SES), vacinou, até esta terça-feira (24), 80,35% do público alvo da Campanha Nacional de Vacinação Contra Influenza 2016, o que corresponde a 1.117.532 doses aplicadas, de acordo com os dados do Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações (SIPNI). A vacinação foi prorrogada até 10 de junho. A vacina protege de três subtipos do vírus da gripe, incluindo o vírus tipo A. Ao todo, o público prioritário da campanha representa 1.390.900 pessoas. Entre os municípios maranhenses, a cidade de Brejo de Areia, superou a meta e lidera o ranking da vacinação com 113,49% de cobertura vacinal, sendo 1.119 doses de vacinas aplicadas, seguido de Santa Filomena do Maranhão (102, 58%) e de Governador Archer (100,77%). O secretário adjunto de Política de Atenção Primária e Vigilância em Saúde da SES, Marcelo Rosa, reiterou que o objetivo da vacinação é reduzir a mortalidade, complicações e hospitalização por infecções pelo vírus da influenza na população alvo da vacinação. “A vacinação de mais de 80% do público alvo previsto no Maranhão, priorizados os grupos mais suscetíveis ao agravamento de doenças respiratórias, evita epidemias e protege a população contra Influenza e de suas complicações”, disse Marcelo Rosa.
 24/5/2016   06:05
O reforço dos homens da Força Nacional ocorreu em atendimento ao pedido do governador Flávio Dino, que acionou o Ministério da Justiça, para garantir a parceria com as corporações maranhenses. “A Força Nacional chegou hoje ao Maranhão e será, progressivamente, engajada, sob o comando do nosso sistema de segurança, somando as medidas relativas à prevenção, com a participação dos sindicatos, tanto de empresários como dos rodoviários, a atuação do nosso sistema de segurança, as medidas adotadas na penitenciária e pelo poder judiciário, creio que a gente vai conseguir debelar essa situação”. Desde a madrugada da última sexta-feira (20), logo após o início dos primeiros ataques a ônibus, reuniões estratégicas coordenadas pelo próprio governador Flávio Dino e pelo secretário de Estado da Segurança Pública (SSP), Jefferson Portela, definem as articulações de linhas de atuação das forças policiais. Blitzen em áreas de grande movimentação, em bairros sensíveis, nos Terminais de Integração e dentro dos ônibus são algumas das estratégias já postam em prática pelas forças policiais maranhenses. Fortalecendo essas linhas de atuação, a Força Nacional já começa a atuar nesta quarta-feira (25) na região metropolitana de São Luís. O policiamento, que irá permanecer até o total restabelecimento da rotina da Grande Ilha, ganhará com a atuação da FNSP novas frentes de atuação, dado o reforço de contingente. “Desde o primeiro momento nossos policiais se disponibilizaram a ajudar. Temos uma corporação unida e comprometida e estamos muito felizes também de poder contar com o apoio da população”, destacou o coronel Frederico Pereira, comandante geral da Polícia Militar. Ele ressaltou, ainda, que a dinâmica das ações vai continuar a mesma, tanto na parte ostensiva, como no serviço de inteligência, ocupando pontos estratégicos para evitar novas ocorrências. “Nós vamos ampliar o número de policiais militares envolvidos na operação. As ações continuarão coordenadas pelo sistema de segurança, agora com o auxílio também da Força Nacional”, explicou. O secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela, fez uma avaliação demonstrando que, até o momento, já foram efetuadas mais de 60 prisões, várias autuações em flagrante e conversão das prisões em flagrante em preventivas desde a última quinta-feira (19), quando os incêndios criminosos tiveram início. “O Estado vai continuar agindo com rigor e continuaremos nas próximas horas e nos próximos dias de prontidão para uma repressão qualificada a esses atos de vandalismo”, esclareceu. A Força Nacional de Segurança Pública (FNSP) é um programa de cooperação de Segurança Pública brasileiro, coordenado pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (SENASP), do Ministério da Justiça (MJ) e que se faz presente nos estados sempre que há pontos de distúrbio público e já esteve no Maranhão nos outros episódios de ataques a coletivos e greve de policiais em 2014 e na gestão do governador Flávio Dino mantém parceria com a Polícia Civil para investigações sobre o crime organizado no estado.
 24/5/2016   06:05
Dos 5.712 professores municipais de São Luís, pelo menos 3.500 vão cruzar os braços a partir de amanhã (25). Os mestres decidiram em Assembleia Geral realizada no último sábado (12) que irão paralisar as atividades por não haver acordo encima dos 11,36% de reajuste que os profissionais da educação reivindicam a tempo. O prefeito Edivaldo Holanda Júnior, propõem um reajuste de 10,67% parcelados, mas a categoria não aceita. Para a presidente do Sindeducação, Elizabeth Castelo Branco, além da defasagem salarial, existe a deterioração de 90 % das escolas, o que impossibilita oferecer tratamento digno, humano e respeitoso as nossas crianças.
 24/5/2016   06:05
As Forças Policiais do Maranhão identificaram mais cinco suspeitos de comandar os incêndios criminosos de coletivos na capital. São cinco homens que já cumprem pena no sistema penitenciário e de dentro da detenção ordenavam os ataques. Segundo a polícia, todos são líderes integrantes do mesmo grupo criminoso que organizou os primeiros ataques a ônibus, na semana passada. O grupo foi apresentado na manhã desta terça-feira (24), em coletiva à imprensa na sede da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP-MA). “Todos fazem parte de um mesmo grupo criminoso e agora serão penalizados por mais esse ato. As investigações prosseguem firmes para contermos o avanço destes casos e garantir a segurança da população”, disse o delegado-geral de Polícia Civil, Lawrence Melo. Os cinco presos foram autuados em flagrante por organização criminosa, corrupção de menores e incêndio a coletivos – crimes que se somam às penas que já cumprem. Eles já respondem por roubo, tráfico de drogas, homicídios e formação de quadrilha. Os apresentados são: Elias Rafael de Paiva, o Tropical; Marcos Antônio de Carvalho, o Marco Latrô, criminoso com larga ficha em latrocínios (roubo seguido de morte); Wilton Torres, o Espiga; Cristiano Nunes Moraes, conhecido como Cris Brown; e Cilas Pereira Bois. “Todos são criminosos de alta periculosidade e que agora serão submetidos a um monitoramento rigoroso, dentro do que pede a legislação”, destaca Thiago Bardal. Com estes, são 10 os criminosos interceptados pelas investigações que estavam agindo de dentro da prisão. A polícia chegou aos detentos a partir das investigações da Superintendência Especial de Investigação Criminal (Seic), por meio do Serviço de Inteligência. Desde os primeiros atos as equipes vêm monitorando o sistema penitenciário para chegar aos autores dos atentados. Foram aplicadas medidas mais rigorosas nas detenções, e ampliado o monitoramento dos presos, com fins a fazer cumprir todas as determinações pertinentes ao sistema fechado. “Com o forte monitoramento, os líderes presos ficaram incomodados e vêm orquestrando estes ataques. Mas a polícia está vigilante e eles vão responder por esses atos”, ressaltou o superintendente da Seic, Thiago Bardal.
 24/5/2016   06:05
Estudantes dos turnos matutino e vespertino do CE Liceu Maranhense, em São Luís, vivenciaram uma experiência diferente nesta terça-feira (24). Eles participaram na escola, do Projeto Circuito Espacial, iniciativa do Centro de Lançamento de Alcântara (CLA), em parceria com a Secretaria de Estado da Educação (Seduc). O projeto visa possibilitar a professores e alunos conhecer a realidade do CLA, as atividades e operações desenvolvidas pelo Centro, que é referência internacional. Nesta terça os alunos do Liceu participaram de encontro com os integrantes do CLA, esclareceram dúvidas e curiosidades sobre o centro de lançamento. O Projeto Piloto irá atender, inicialmente, a alunos e professores da Unidade Regional de Educação (URE) de São Luís. Serão dois momentos: no 1º momento as escolas realizarão três visitas ao CLA, divididas por ano, ou seja, 1°, 2° e 3° ano, sendo 25 vagas para cada visita e o critério primordial é o desempenho (notas), sinalizadas no Sistema de Administração de Escolas da Seduc (SIAEP). No 2º momento, o CLA irá à escola, ocasião em que fará uma exposição sobre os trabalhos realizados, chamando a atenção para as áreas de Ciências. “O projeto é importante para despertar o interesse do aluno por assuntos ligados à Física, Astronomia, e etc.”, ressaltou Akemi Wada, Supervisora de Tecnologias Educacionais da Seduc.
 24/5/2016   06:05
Do R7 Agressor atingiu a cunhada da apresentadora no abdômen e no braço. Um atirador invadiu o Hotel Caesar Business na tarde deste sábado (21), na zona Sul de Belo Horizonte (MG), com a intenção de matar a apresentadora da Rede Record Ana Hickmann. Ana está hospedada no local para participar de um evento na capital mineira. O atirador invadiu o quarto da apresentadora e efetuou disparos. Ana não foiatingida. Os tiros balearam a cunhada de Ana, no abdômen e na altura do braço. A cunhada da apresentadora está hospitalizada e passa por uma cirurgia que deve durar, aproximadamente, cinco horas. Após atirar no quarto da apresentadora, o agressor fugiu pelo corredor do hotel. O cunhado de Ana Hickmann correu até ele. Houve uma briga. O cunhado desarmou o homem e atirou contra ele, matando o agressor.
 21/5/2016   05:05
Terminais, paradas e os próprios ônibus em circulação em São Luís, agora tem também como passageiros policiais armados. Foi declarada guerra contra os bandidos incendiários que vem agindo desde quinta-feira. Forças policiais com a participação direta do governador Flávio Dino, Secretário de Segurança Jefferson Portela, Comandante da PM ,Coronel Pereira, delegados e centenas de policiais, já prenderam 20 envolvidos diretos nos ataques aos 14 ônibus. O governador Flávio Dino, PC do B, experiente magistrado, quer a prisão e a condenação de todos os bandidos que vem espalhando terror na capital.
 21/5/2016   05:05
Do G1 MA Mutirão integra atividades da 'Semana da Infância' e ocorre até sexta dia 20. Trinta magistrados estao envolvido na 'Semana da Infância' As Varas da Família de São Luís estão realizando audiências concentradas de processos referentes à guarda, reconhecimento de paternidade, regulamentação de visitas, ações de alimentos e outros que envolvem direitos infanto-juvenis. O mutirão integra as atividades da “Semana da Infância”, que ocorre até esta sexta-feira (20), em todo o Maranhão e também na capital. O evento ainda conta com a participação também da 1ª Vara da Infância e Juventude e a 9ª Vara Criminal, especializada em crimes contra crianças e adolescentes. A maioria dos processos incluídos na pauta do mutirão pelas Varas da Família envolve ações de alimentos (pedido de pensão alimentícia, exoneração ou execução). Na “Semana da Infância”, as Varas da Família contam com a participação também do Ministério Público e Defensoria Pública que estão realizando um esforço concentrado para os processos que envolvem, principalmente, as ações de alimentos. Trinta magistrados estão envolvidos na “Semana da Infância”, em São Luís e interior do estado, com a realização de aproximadamente 400 audiências. O evento é uma iniciativa da Coordenadoria de Infância e Juventude do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJ-MA), em parceria com a Corregedoria Geral da Justiça (CGJ-MA), e tem o objetivo de julgar o maior número possível de processos envolvendo violência e abuso sexual contra crianças e adolescentes, além de ações relativas a outros direitos infanto-juvenis
 20/5/2016   01:05
 Busque no blog
 Mais acessadas
 Enquete

O Governador Flávio Dino, deve apoiar a candidatura à reeleição do prefeito Edivaldo Holanda?

Voto computado com sucesso!
Governador Flávio Dino deve apoiar a candidatura a reeleição do prefeiro Edivaldo Holanda?
Total de votos: 17
Sim
Não
 Arquivo
 Siga-nos
...
...
...
...